Fernanda e Kenjji

SEJA BEM VINDO AO NOSSO SITE
Fernanda e Kenjji

Nossa história

Lado A (de "A verdade")

 

Gostamos de dizer que ele se encantou por mim logo no berçário, já que nascemos no mesmo dia,ano e hospital. Sou só algumas horas mais velha que ele. 

Nos conhecemos, de verdade, no ensino médio, há oito anos. Nossa galera do colégio era a mesma, eramos da 2°B, o busu para casa era o mesmo, então logo viramos melhores amigos. Estudávamos pra prova junto, quem ai pode dizer que já deu "pesca" para seu noivo? Trocávamos conselhos amorosos e eu vivia cerrando o lanche dele no intervalo.

Até ai não tinha nenhum sentimento além de amizade. Até porque ele ainda era comprometido e eu tinha uma paixão platônica por um popular do colegio ( quem nunca?) hahaha.
Nunca vou esquecer do dia da nossa formatura de ensino médio, quando fui buscar o certificado de conclusão, os nossos colegas ficavam gritando "IHHH JAPAA" e eu furiosa pensava " idiotas, não sabem que existe amizade verdadeira entre homem e mulher." Sabe de nada inocente! kkk

As coisas só mudaram depois que entrei na faculdade de publicidade, quase dois anos depois. Simplesmente rolou, eu chorava feito uma condenada, dizia " mas nós somos melhores amigos, isso não pode acontecer, tá tudo errado", passamos um bom tempo nessa enrolação, eu não me sentia segura pra entrar em algo mais sério e achava que ele também precisava de um tempo. Começamos a namorar no dia 18/04/2011, ficamos dois meses juntos e eu revolvi convida-lo para passar o São João com a minha família.

Entrei em pânico ou algo do tipo e logo que voltamos de viagem, não me orgulho a dizer que terminei com ele. Não ficamos nem um mês assim. Desde então não desgrudamos um do outro.

Nós somos o oposto um do outro. Eu sou super ansiosa, ele não tá nem aí. Eu econômica, se depender dele a gente gasta o que não tem. Ele é de exatas e eu sou totalmente de humanas,  eu amo aniversários e ele detesta comemorar o dele. Eu adoro ser o centro das atenções, ele prefere ser discreto. Ele é romântico, como ele mesmo diz, eu sou a rainha Elsa, do tipo que se esconde em casa se o vê chegando com um buquê de flores gigante. 

Muitos diriam que com tantas diferenças, não daríamos certo. Mas acreditamos que essas diferenças nos fazem um casal mais forte, mais unido, pois sabemos lidar com os defeitos do outro. Somos parceiros de verdade. Melhores amigos para vida toda.
E assim vamos seguindo, apoiando o sonho do outro e sonhando junto, superando as dificuldades, dividindo aquele pedaço de pizza de peperoni, indo toda segunda feira no cinema e tudo com muito amor.

Fotos Recentes

Lado B da história.

 

Se não me engano no dia 18/10/1991 eu estava na barriga da minha mãe e quase morrendo, por isso nasci de um parto prematuro e de risco, desculpa mas é a real. Ela acha que passou e me encantou. ( Assim deixo ela pensar que ganho mais shhhh)

Nossa amizade realmente começou no segundo ano porém mais uma vez preciso dizer a verdade. O busu para casa realmente era o mesmo mas não foi por ''isso'' que viramos amigos e sim na hora de 'IR' para o colégio, onde a pessoa tinha preguiça de subir a ladeira e o retardado aqui ficava empurrando. Não preciso dizer que quem ficou de recuperação foi ela né? Quem ensinou e ajudou a passar de ano? De nada.

Essa menina ai em cima, vulgo minha noiva, vem falar em ''até ai não tinha sentimento nenhum''; ''nunca vou esquecer do dia da nossa formatura''. Gente... Foi pura lerdeza, porque todos do colégio sabiam que eu gostava dela, menos quem?

Realmente as coisas só começaram a mudar um pouco mais pra frente, com ''ajuda'' de alguns amigos acabamos ficando pela primeira vez e assim foi indo. Com UM mês de namoro na verdade ela terminou comigo, vale salientar que foi por telefone e o mais engraçado que logo após não desligou muito menos me largou hahahaha, continuamos ficando. Nisso percebemos que os sentimentos eram reais sabe? Um dos nossos maiores medos era acabar ficando e estragando a amizade que tínhamos( não me orgulho em dizer mas parte dessa amizade foi eu tentando pegar ela huhuhuhu). Resolvemos arriscar, tentar, afinal só é feliz quem tem coragem certo? 

Como Nanda disse, somos muito diferentes um do outro e acho que isso faz com que tudo seja mais ''incrível'', nunca sei o que esperar, sempre será algo novo e assim estamos nós agora, buscando algo novo em nossas vidinhas, juntos. Óbvio que sabemos que daqui pra frente tudo vai ser diferente, difícil, mas acredito que temos um companheirismo muito forte, construído com a base da nossa amizade da qual tenho o maior orgulho de a ter como melhor amiga. Ela me entende e eu procuro entender ela ( porque né...)
Com toda essa história por trás de Roberto e Fernanda, de amizade, téminio, namoro, companherismo, amor, noivado, brigas, muita costela do Outback e cinema que resolvemos tomar esse passinho e casar!